top of page
  • Foto do escritorÉrica Inacio

As 5 etapas do processo de mudança comportamental


Sabemos que mudar não é uma tarefa fácil e nenhuma mudança acontece da noite para o dia, por isso a importância de sabermos exatamente porque estamos promovendo essa mudança, se não ela perde o sentido e acabamos desistindo.


Mas, você sabia que existem 5 etapas para o processo de mudança? Dois pesquisadores norte-americanos, James Prochaska e Carlo DiClemente, detalharam essas etapas na década de 80.


1 - Pré-contemplação:


Aqui você ainda nega o problema, embora os outros falem sobre ele, por exemplo, bebe com bastante frequência, mas não acredita que esse comportamento seja problemático, assim não vê motivos para mudar.


Entretanto, somente haverá mudanças se você entender que é preciso, afinal ninguém mudará você!


2 - Contemplação:


Você percebe que precisa mudar, mas não sabe por onde começar e acredita que as desvantagens da mudança são maiores que as vantagens. Por exemplo, quer comer menos açúcar, mas o chocolate "te acalma".


Aqui é importante focar nos benefícios da mudança e determinar uma data para começar.


3 - Preparação:


Você já sabe que precisa mudar e deseja fazer isso, mas ainda não começou. Nessa fase é importante lembrar que não existe dia, mês ou situação ideal para começar, apenas comece!


Escolha um hábito, comer uma fruta todos os dias por exemplo, e vá aos poucos agindo.


4 - Ação:


Nesta etapa a mudança já está acontecendo, os novos hábitos estão sendo colocados em prática, mas ainda não são automáticos.


Você ainda precisa pensar no motivo de estar fazendo tais atividades e se esforçar para dar continuidade. Então, relembre os motivos de você ter começado e o que você deseja alcançar, repita o hábito até se tornar algo natural para você.


5 - Manutenção:


Parabéns, você já consolidou o hábito e ele já faz parte da sua rotina, mas para você precisa continuar praticando, afinal os velhos hábitos não morrem, apenas são substituídos.


O desafio aqui é manter os seus resultados, então lembre-se de que a etapa mais difícil (agir) você já superou!


E aí, em qual etapa você se encontra nesse momento?


Obs.: o conteúdo aqui descrito é apenas informativo, para tratamento entre em contato para agendamento.




24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page